Entrevista Roberto Santinato Fenicafé 2016


A 21ª edição da Fenicafé aconteceu em Araguari, Minas Gerais. A Feira apresentou tecnologias e tendências para o mercado da cafeicultura irrigada. Como de costume, a feira reúne três grandes encontros sobre a cafeicultura irrigada e o Canal do Boi fez a cobertura completa do evento. Acompanhe as entrevistas.


Roberto Santinato, engenheiro agrônomo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - ProCafé, esteve presente na Fenicafé - Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura, em Araguari e falou ao CaféPoint sobre os benefícios da utilização da adubação orgânica e da aproximação da pesquisa ao homem do campo.


"A melhor forma de aproximar pesquisas do homem do campo é levar os resultados das pesquisas aos eventos e campos regionais."


"A adubação orgânica pode ser dispensável, mas quando se associa a adubação química com a orgânica se tem uma série de benefícios, tanto na planta como no solo."


"Os nutrientes são condicionados de forma mais lenta na planta com a adubação orgânica."


"A base que mais temos usado é a própria palha do café, esterco de galinha e esterco de curral."


"O ponto fraco da adubação orgânica é que tem baixa quantidade de NPK, em relação aos adubos químicos. Por isso, é melhor equilibrar adubo químico e orgânico


"Na área de Cerrado (MG), ou em São Paulo, na região de Franca, não vejo condições de fazer café orgânico, e sim misto."


"Tem iniciativas já de adubação com biossólido (esgoto orgânico), mas há necessidade de melhorar o tipo de biossólido usado."


Como entrar em contato ?

Envie suas dúvidas para o e-mail fpsantinato@hotmail.com ou pelo telefone
(19) 9.8244-7600